A Yamaha confirmou nesta semana o lançamento no mercado brasileiro da Tracer 900 GT 2020. De acordo com as informações que foram divulgadas pela montadora, a nova linha chega com algumas novidades quando comparada com o modelo que está sendo vendido atualmente. O preço da moto será de R$ 49.390.

Yamaha lança Tracer 900 GT 2020 nas concessionárias brasileiras

A Tracer passou por uma série de reformulações, especialmente no design. A parte de trás do tanque e a frente do banco acabaram ficando mais estritos. Já os novos assentos acabaram deixando a moto, nas palavras da própria montadora, mais macios e espaçosos, trazendo mais conforto para o piloto e também para o carona.

A novo moto conta com guidão 100 mm mais estreito, aquecedores de manopla pedaleiras com a mesma posição da versão anterior e para-brisa maior, este regulável e com dois pequenos defletores de ar na parte inferior.

Outra novidade apresentada pela montadora para essa moto é que toda a iluminação é de LED e a do painel de TFT. O painel pode ser configurado pelo piloto e oferece um design que lembra bastante o que foi adotado pela R1. Através do painel é possível selecionar, ativar e desativar os componentes eletrônicos.

  • Yamaha lança Tracer 900 GT 2020 nas concessionárias brasileiras - Foto 1
    Yamaha lança Tracer 900 GT 2020 nas concessionárias brasileiras - Foto 1
  • Yamaha lança Tracer 900 GT 2020 nas concessionárias brasileiras - Foto 2
    Yamaha lança Tracer 900 GT 2020 nas concessionárias brasileiras - Foto 2
  • Yamaha lança Tracer 900 GT 2020 nas concessionárias brasileiras - Foto 3
    Yamaha lança Tracer 900 GT 2020 nas concessionárias brasileiras - Foto 3
  • Yamaha lança Tracer 900 GT 2020 nas concessionárias brasileiras - Foto 4
    Yamaha lança Tracer 900 GT 2020 nas concessionárias brasileiras - Foto 4

Em termos de motorização, a nova Tracer 900 GT conta com motor de três cilindros, doze válvulas e refrigeração líquida, que desenvolve os mesmos 115 cv e 8,92 kgfm do modelo anterior. Mas a Yamaha confirma que foram feitas algumas alterações e ajustes no motor e no restante do conjunto mecânico, como uma nova embreagem assistida e deslizante econtrole de tração de dois níveis de intensidade que também pode ser desligado.

São dois modos de condução distintos oferecidos pela moto para o piloto. O modo A favorece as respostas, enquanto que o B suaviza um pouco mais. A moto também conta com assistente de trocas de marcha Quick Shift unidirecional, que permite subir as marchas sem a utilização da embreagem, além do piloto automático.